domingo, 13 de setembro de 2009

Indicadores de um relacionamento - entendendo o outro

O primeiro passo foi entender a si próprio. Mas se você acha que o problema não é você, mas o outro, sente-se bem na cadeira, porque você terá que ser forte pra ler o que vou dizer. O problema sempre somos nós, nunca o outro! Porque não importa se o outro é maravilhoso ou um tremendo cretino: é sempre você quem escolhe! Cretinos serão sempre cretinos (como já comentamos no post do House) e não adianta colocar a culpa do fracasso neles... é você quem tem que partir pra outra!

Então, para facilitar, uma regra básica: relacionamentos falam. Não se desespere achando que é impossível saber o que o outro está pensando. Ainda que ele não esteja falando com todas as letras, ele sempre está dizendo alguma coisa, mesmo que nas entrelinhas. Para decodoficar sinais contraditórios segue abaixo um glossário:

"Não vai dar pra sair com você, meu cachorro comeu meu dever de casa" - alguém tem dúvidas de que isso é o mesmo que dizer "não tô nem um pouco afim de você e por isso não me dou nem sequer o trabalho de inventar uma desculpa plausível"?


"Estou confuso, não sei mais o que sinto por você" - acredito que ninguém que realmente ainda goste do outro se atreveria a proferir tais palavras se ainda gostasse da pessoa. Ou seja, em outras palavras, um ser confuso é um ser que não gosta mais de você e ou não quer admitir isso porque é covarde ou simplesmente porque quer que você corra atrás dele pra ele ficar com o ego em dia.

"Vamos dar um tempo" - apesar de muito desgastada, esse tipo de desculpa ainda cola pra muita gente. Quem realmente quer um tempo pra pensar, não termina em 3 parcelas... faz alguma coisa, como uma viagem ou qualquer outra solução "para pensar" e depois resolve se vai ou se fica. Qualquer coisa além disso é desculpa pra ficar com outras pessoas e deixar o outro no banco de reserva, só pra uma eventualidade.

"Você é bom(boa) demais pra mim" - pergunto: se todos sempre procuram alguém "bom demais" pra chamar de meu bem, porque cargas d'água você terminaria com alguém porque essa pessoa é boa demais pra você? Se você realmente fosse tão bom(boa) ninguém ia querer te largar. O que está escrito nas entrelinhas? Simples: "você não serve pra mim". Ahhhhhhhhh, porque não falou logo?!

"Você é perfeito(a) pra mim/você é tudo que eu sempre procurei, mas nos conhecemos na hora errada" - Ok. Essa daqui também é conhecida, mas acho que ainda cola pra muita gente. Mas a verdade é uma só: quem se gosta e tá realmente afim, encontra um jeito de ficar junto. O mundo tá cheio de pessoas que mudaram de nome, de país, de religião e provavelmente até de sexo pra ficar com sua cara-metade. Se você não vai fazer nenhum "esforço" pra ficar junto, significa que a pessoa não é exatamente "perfeita"... na verdade, ela pode até ser razoavelmente boa, mas não o suficiente pra te fazer esticar o braço...

Enfim... existem mil e uma frases de efeito, e também atitudes que tanto podem revelar que o outro se importa com você quanto podem estar gritando que ele não está nem aí.

Alguém tem mais exemplos verdadeiros e verídicos?! rs rs rs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário