sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Sinais!!!

Há muito tempo atrás eu ouvi, não lembro onde nem quando, que todas as pessoas se apresentam e mostram verdadeiramente o que são no primeiro oi. Seja no modo de olhar, pelo tom de voz ou no aperto de mão, se soubermos interpretar os sinais sacaremos rapidamente quem é a pessoa que adentra em nosso universo a partir daquele "oi, tudo bem?".

Mas isso é muito fácil quando sabemos o significado de cada sinal, ?! E quando não sabemos nem que determinado movimento é sinal de alguma coisa, como fazer??

Bom, infelizmente a maioria dos sinais só são aprendidos depois que quebramos a cara. Sim, muitos deles são descobertos sempre em companhia da frase "só quem passou sabe". Portanto, mesmo sabendo que isso não vai adiantar em nada porque o seu amor-pra-vida-inteira-é-diferente-com-certeza e blá, blá, blá... Aqui vão algumas dicas valiosíssimas para você que não tá afim de quebrar tanto a cara.


Alerta! Alerta!
Aqueles sinais que são lançados logo no início com um ar de "corra enquanto é tempo!".

- Homens que abusam dos erros de português.
São simplesmente broxantes. E se desconhecem a própria língua, é óbvio que desconhecem também qualquer assunto que valha uma conversa. Afinal, se for pra sair com alguém que só serve pra contar piada, vale mais a pena comprar um CD do Costinha.

- Morar com os pais
Demonstração clara de falta de iniciativa, falta de independência, falta de capacidade, falta de vergonha na cara, preguiça de ter a própria vida, etc...

-Não pagar a primeira conta do bar ou restaurante
Uma amiga uma vez falou que quando você sai com um cara a primeira vez, é até bom você tirar a carteira e fazer sua cena, mas se o cara aceitasse o favor, era pra pular fora. Depois, a mãe de uma amiga falou que mesmo essa cena é dispensável, porque se o cara não pagar a conta, pouco importa o que ele vai pensar de você depois. E é isso mesmo. Não pela grana, mas homem que te chama pra sair e não paga a primeira conta demonstra pão-durismo (e homem pão-duro é o Ó), falta de cavalheirismo e falta de orgulho masculino. Precisa dizer mais?

- Chamar de "meu amor" logo de cara
Isso é coisa de conquistador barato ou homem super-carente. Ou seja, dois tipos absolutamente dispensáveis.

- Se explicar ou pedir desculpas o tempo todo
Insegurança a flor da pele. Vai passar o resto da vida achando que fez, faz e fará tudo errado. Alguém merece conviver com alguém assim por muito tempo???

- Falar de ex-namorada, principalmente mal.
Esse sinal é básico: se o cara fala da ex pra você, falará de você para a próxima. Se fala mal, é porque ele deu alguma mancada e a garota não deixou por menos. Ah sim, vai falar mal de você também, claro!

- Tratar mal garçons e afins
Demonstração mais do que clara de que o sujeito é, no mínimo, mal educado. E gente sem educação é pior do que gente sem graça, sem dinheiro e sem dente. Quase um caso sem solução.

- Os que choram
Nada contra homens que choram. Até acho digno os que não tem esse bloqueio social. Mas chorar logo no início, quando o cara está conhecendo a garota, ou que chora por qualquer coisa... Só se você estiver estudando psicologia e procurando um assunto para sua tese.

Sinais intermediários
Já que você não pulou fora antes...

- Quando o cara que você está saindo não se cansa de dizer que você é a coisa mais importante, mas que aquele não é o momento porque há outras prioridades na vida e etc, etc, etc...
Essa aí já vem com legenda gente?! O Cara NÃO tá afim de coisa séria, e você NÃO é prioridade na vida dele. Precisa dizer mais?

- Mãe dele
Na verdade este ponto tem duas versões: quando o cara não trata bem a própria mãe, ou se é completamente dependente dela. A primeira situação é uma demonstração clara de que o sujeito não respeita as mulheres, logo, você... já viu ?! Na segunda situação, mostra que ele é “filhinho da mamãe” e que nenhuma decisão dele será tomada sem o prévio consentimento dela. E sogras, por melhor que sejam, são sempre sogras.

- Falta de atitude e de iniciativa

Ora, essa é muito simples. Se o cara não sabe se virar sozinho e não se oferece pra ajudar em nada, em que momento, exatamente, você vai poder contar com ele para qualquer coisa?

- Quando, na opinião dele, o que você faz é sempre uma merda
Mais uma fácil, fácil de explicar. Isso é atitude de gente IN (incompetente, incapaz e invejosa).

- Se você nunca for prioridade
Jamais será. E, se aceitar essa situação, sua tendência é decair de posto em progressão geométrica.

- Hobbies que remetam a infância (carros, videogames, etc)
Precisa dizer que esse sujeito não amadureceu? Uma coisa é gostar de carrinhos e vídeo games, outra coisa e guiar a própria vida pelos lançamentos da Sony ou da Ferrari.

- Presentes
Importante. Sinais claros que piscam em néon. Mas, numa maneira geral, funciona assim:
Presentes baratos – o seu objetivo não é dar o golpe do baú ou levar o cara a falência. Ele pode, perfeitamente, dar um presente barato. Porém, tem que compensar com o significado. Muitas vezes uma rosa emociona muito mais do que um Rolex. Se ele não se der ao trabalho nem de um e nem de outro, é porque o mimo é mais uma obrigação do que um agrado sincero.
Presentes caros – é sempre bom. Quem vai ser hipócrita pra dizer que não gosta? Mas se foi um presente comprado pela secretária dele, só serve se você estiver interessada mesmo no golpe do baú.

Último aviso
Essa é pra quem pensar em juntas as escovas de dentes e dividir o mesmo endereço para correspondências

- Ele não se interessa em procurar casa com você
Esse está na lista “piscante em néon vermelho”. Se o cara não se mexe pra procurar nem a casa que ele mesmo vai morar, porque você acha que ele vai te ajudar em qualquer outra coisa? Tem atitude menos companheira do que essa?

- Ele aceitou casar (ele?? Já viu ?!), mas não se empolga nem mesmo com a lua de mel (muitas vezes, a única parte realmente boa e mágica de alguns casamentos).
Caso você não tenha entendido a obviedade acima, é basicamente: pra ele tanto faz casar com você ou com um poste, a importância é similar.

- Ele não te assume financeiramente
Não sou a favor de que o homem tenha que sustentar a mulher porque é homem. De jeito nenhum. Mas, se o cara ganha mais que você, qual o sentido de dividir as contas da casa meio a meio? Ele é seu parceiro ou seu roommate?

- Falta de objetivos profissionais
Na verdade, essa questão é valida desde o primeiro oi. Mas aqui é crucial. Se nem quando o cara, supostamente, decide formar uma família pensa em melhorar de vida, que outra oportunidade vai incentivá-lo a correr atrás e te fazer ter orgulho dele?

Enfim, esse são apenas alguns que eu separei pra cá pro blog. Muitos outros sinais eu desconheço, outros eu ainda vou aprender. Provavelmente quebrando a cara, como é de praxe. Os leitores... na verdade mais as leitoras, estão convidados para complementarem essa lista comigo.

4 comentários:

  1. E a gente só aprende a ler os sinais... depois de ignorá-los uma vez e se dar mal. Experiência é o nome que damos aos nossos próprios erros.

    ResponderExcluir
  2. Aliás, outro sinal: o cara que só te convida pra ir no bar/balada. Sinal de que ele quer te deixar bêbada para você tirar a roupa mais fácil.

    ResponderExcluir
  3. Mais dois sinais:
    o primeiro é sobre esses moços que arrotam e (pior) peidam com pouco tempo de relacionamento (ou nenhum relacionamento mesmo). O cara é mal educado na certa. E se rir é porque ainda é bobão.
    o segundo é sobre compra de alianças. Em pesquisa realizada, comprovamos que quando a mulher compra as alianças a chance da história dar certo é próxima de zero.

    ResponderExcluir
  4. Bravo...!!! adorei seus comentários, muito bom e divertido...!!!

    ResponderExcluir