segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Uma declaração de amor

Esqueçam isso de faixa com "eu te amo", flores, etc e tal. A maior declaração de amor de todas é saber que o outro te ouve e ENTENDE ... especialmente quando você se acha uma louca de marte vivendo no planeta errado.

Essa semana eu recebi uma dessas declarações de amor inesperadas. Estava eu no meio das minhas divagações, meio que falando por falar... achando que eu estava num monólogo do tipo "to be or not to be", aí eu escuto: "adoro quando você fala em círculos e faz perfeito sentido".

Não é uma declaração de "amor romântico", já que foi um amigo que me conhece até do avesso quem falou isso. Mas esse é um belo exemplo sobre encontrar "forasteiros", que abordei no post Mesa Pra Dois.

Um comentário: