terça-feira, 1 de junho de 2010

Casos do acaso


Pois é. O dia dos namorados se aproxima. Como diz o Felipe, é o tempo do salve-se quem puder. Em meio a muitas breguices proporcionadas pelo capitalismo selvagem e dando continuidade à série de posts inspirados pela data, vou abrir meu coração e revelar a maior breguice de todos os tempos da minha existência (esperem até a Gabi revelar a última coisa ridícula que ela fez em nome do amor, hahahahaha).

No antigo Blog que eu escrevia um jornalista de uma revista pouco conhecida leu sobre uma espécie de "amor de verão" - melhor, de inverno - que vivi na Argentina nas férias do ano passado e resolveu me entrevistar para que eu fosse personagem de uma matéria de capa sobre "o acaso". Insisti com ele que eu não era o personagem que ele procurava, porque minha história realmente tinha muitas coincidências, mas o final não era exatamente feliz, muito embora também não fosse triste.

Me entrevistaram, me fotografaram e resolveram usar minha história mesmo assim. Foi aí que eu entendi literalmente a fúria de muitos entrevistados contra jornalistas do bloco do"eu não deturpo, apenas edito criteriosamente". É claro que em vez de encaixar uma história no tema, tentaram encaixar o tema na minha história. Resultado: eu que já achava o amor brega e ridículo virei o próprio personagem brega e ridículo da história! Com frases como "Era o fim", ou "descrente do amor" (eu nunca escreveria tal frase!), a história foi se desenrolando à revelia da realidade.

Pois é... o feitiço virou contra o feiticeiro. Quem tiver coragem, pode clicar aqui e ler a metéria. E SIM, a menina da foto sou eu ;-)

8 comentários:

  1. O pior não é ser a menina das fotos... é ser a menina desses desenhos meigos.

    ResponderExcluir
  2. Pego fácil ... solteira ?

    ResponderExcluir
  3. Comentário típico de quem não lê muito este blog... "pego fácil" + pah não combinam tanto quanto o "solteira?".

    ResponderExcluir
  4. hahahaha

    Vários fãs anônimos aparecendo depois da fama meteórica da Paloma devido as suas aparições constantes em revistas de fofoca.

    ResponderExcluir
  5. Ahhhh, Pah!
    Quem lê a matéria não imagina que você tenha um blog sobre desistir de entender o "músculo involuntário"!
    hahahaha

    Ps.: Matéria de revista é o primeiro passo pra sair no BBB(qualnumeromesmo?)! hahaha
    beeijo!

    ResponderExcluir
  6. É verdade. O segundo passo é colocar silicone. Hoje em dia essa cirurgia tá cada vez mais simples. Ainda dá tempo. Invista no seu futuro.

    ResponderExcluir