sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Retrospectiva

Depois de um ano e meio de Blog, faço uma breve retrospectiva: ganhamos mais de meia centena de seguidores (não são os milhões dos blogs de gente famosa, mas mesmo assim ficamos muito felizes). Ultrapassamos os 11 mil acessos. Ainda não temos respostas pras nossas perguntas. Os homens não mudaram muito - nem as mulheres... mas continuamos nos divertindo escrevendo aqui.

Pra quem é novo ou esquecido, aí vai um resumão com os melhores temas/posts do Blog:

Alguns dos nossos comentários e indicações de filmes e livros:
Closer
500 Dias com ela
Verdade Nua e Crua
Ele não está tão a fim de voce
Alta Fidelidade
A insustentável leveza do ser
Na Praia

Homem é tudo igual?
Sensibilidade Masculina
Maturidade do homem
O homem e o sexo
Sabedoria do namorado

O humor da Lu:
Edital de Concurso para namorado
Sabedoria das Amigas
Casar pra quê?
Dia dos namorados
Ex galinha
Diálogo surreal
Armagedon

As "grandes descobridas" e dicas da Paloma, que escreve as coisas "cheias de insight":
Eu sou o máximo
Sabedoria das amigas
Boca fechada não entra mosca
O que eu aprendi com os relacionamentos anteriores
Manual do Cafajeste (como conquistar um)
Solteira e Sozinha
Como discutir uma realção que não existe

Coisas que só a Gabi faz por você:
O fim do ponto G - Bom pra quem não encontrava, assim não precisa mais procurar - porque a Gabi sempre acaba com todas as nossas ilusões e esperanças. E pra quem achava que tinha encontrado, será a volta dos que não foram, rs.
Cuidados com a Pele
Lições que se aprendem
Pré-carnaval
Sinais
Vivendo e aprendendo
Simples assim
Teoria e prática
Homem e a separação

No mais... feliz ano novo e o desejo de sempre: FELIZ AMOR NOVO pra todo mundo!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Ainda dá tempo

Eu sempre achei site de relacionamento uma coisa meio esquisita, artificial... sei lá. Mas, independente do meu achismo sobre o assunto (porque afinal eu não tenho opinião formada já que nunca experimentei) uma coisa não se pode negar: eles são mais um opção para os solteiros encontrarem sua cara-metade. E não se pode negar que tem opção pra todo mundo. De repente, pra quem tá na pista desolado e não sabe mais o que fazer, vale à pena testar - quem sabe rola pelo menos um encontro antes do ano novo.

Além de todos os sites "padrão" que já existem no mundo, com fotos de mulheres e homens bonitos, tipo o Be2, ou o Par Perfeito, recentemente surgiram uma série de novos sites dirigidos para públicos bem específicos.

É o caso do site para unir feios: The Ugly Bug Ball, que há pouco comemorou a união de casal que se conheceu através do site.

Como o amor é uma falácia, tem site de namoro até pra casados! Uma falta de absurdo, vocês não acham? Pra informação dos leitores, o site faz o maior sucesso, mas esse eu não divulgo o link, pra depois não dizerem que eu sou destruidora de lares.

Ainda na linha do "eu não acredito", tem site de "namoro" (com fins específicos de acasalamento) até para animais. Pra vocês terem uma ideia, um anúncio de um suricato (o Timão, da dubla Timão e Pumba, do filme Rei Leão) recebeu 74 mil acessos e terminou em namoro. De acordo com a tratadora do animalzinho, quando ele encontrou a suricata eleita no site, começou a farejar e cavar pra tentar tirar a "suricata" do caixote em que veio. Provavelmente se eu colocasse um anúncio de namoro não teria recebido tantos acessos (me lembrem de vir como suricato em outra vida!). Aliás, minha labrador preta linda está solteira, alguém tem um labrador que se candidate?


E não é só isso. Existem diversos sites de inclusão social, como o Dating 4Disabled , para portadores de deficiência, e o No Longer Lonely, específico para portadores de doenças mentais, além do site de namoro só para soropositivos, o POZ Personal.

Com tanta opção pra tantas tribos, deveríamos pensar que só fica solteiro quem quer. Será?

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

A importância das ex-namoradas

Sabedoria do Oscar Wild:

A felicidade do homem casado depende das mulheres com quem não se casou.

domingo, 26 de dezembro de 2010

Alguns meninos até ganham pontos...

Assim, como esse blog é escrito predominantemente por meninas, por vezes temos tendência a criticar mais os meninos. Mas, existem momentos em que a gente tem que reconhecer que eles, algumas vezes, nos surpreendem...

Imagine uma mulher chamar seu parceiro, namorado, marido, amante, noivo, ou o que for, para uma sessão de análise. Na boa, a maioria dos caras simplesmente não vai ou, quando vai, comparece com toda má vontade possível.

Agora imagine que esse cara é um EX. Tipo: obrigação zero. Pois é! Soube de um sujeito que foi convidado por sua ex para que ele comparecesse na sessão de análise DELA para que ela conseguisse ter mais clareza sobre algumas questões da vida DELA. Sabe o que ele fez????

ELE FOI.

O sujeito em questão não é nenhum santo, nenhum cara mega legal ou qualquer coisa parecida, mas, sinseramente, temos que reconhecer que isso foi um super point pra ele.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Cartinha ao Papai Noel

Querido Papai Noel,

No ano passado, eu cheguei a pensar que o cupido tinha se voltado contra mim. Quem acompanha esse Blog há de convir que o ano foi insano no que diz respeito a relacionamentos. Mas tudo bem, eu já te perdoei por ter esquecido o meu presente no último Natal.

Vamos ao que interessa. O que eu quero de presente é o seguinte: UM HOMEM PERFEITO. E por perfeito, quero dizer: bem humorado, fiel, bom motorista, bem resolvido, sem kit, nem muito rico, nem muito pobre, alto, atlético, moreno, que não seja machista (nem feminista, senão eu terei que sustentar a casa!), gentil e educado, inteligente, espirituoso e espiritualizado, maduro, bem disposto, que goste de tomar banho, de escovar os dentes e de criança; romântico, independente, que não seja filho único, que saiba lavar louça e cozinhar, que seja solícito e sensível e PRINCIPALMENTE, ao reunir todas essas qualidades, que seja HOMEM (se é que o senhor me entende).

É. Eu sei o que está pensando... mas a quem mais eu pediria isso senão a alguém que tem renas voadoras, mora no Pólo Norte sozinho com 99 anos de idade, tem um trenó que cabe o presente de todas as crianças do planeta e ainda consegue dar a volta ao mundo em apenas uma noite?

Se eu posso escrever pro senhor, bem... é coerente que eu também acredite no amor, em contos de fada e similares, certo?

Com carinho,

Paloma

PS.: Infelizmente, eu não tenho chaminé... mas o meu porteiro, o Zé, é super gente boa e, se eu não estiver em casa, o senhor pode deixar o presente com ele, tá?

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Nem tudo o que reluz é ouro

Colega de trabalho minha, que já foi noiva e hoje em dia está em outra (outro), resolveu levar a aliança de noivado para um ourives derreter e fazer uma joia nova. Comentou a ideia com o namorado, que resolveu doar a aliança do seu ex-casamento para que o pendente da namorada fique maiorzinho. Ela aceitou de bom grado, para surpresa dos outros colegas:
- Mas ele ofereceu assim, do nada?
-O pendente ter a energia da ex-mulher dele!
- Ah, mas a energia dela vai embora quando o ourives derreter o ouro.
- Bom, de um jeito ou de outro, o seu namorado te deu uma joia, coisa que o meu nunca fez
-Você não ficou ofendida com ele querer te dar uma coisa ligada ao casamento anterior dele?

Eu não me importo com reveillon, aniversário, presente de natal, ritos de passagem em geral e posso gastar uma soma indecente de dinheiro em algo completamente supérfluo. Acho que as coisas têm a importância que a gente dá para elas - bom, a não ser o ouro da joia, cujo valor é regulado em mercado internacional. E você, o que acha da reciclagem de uma aliança de casamento?

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Esperando o pior

Voltando de uma viagem de fim-de-semana num temporal absurdo e com um ar-condicionado que me fazia bater o queixo, o menino sentado ao meu lado no ônibus, que parecia ser mega tímido, estava fazendo uma cara meio esquisita, como se quisesse dizer alguma coisa.

Com medo de ele ser sem noção (as estatísticas comprovam que as chances de topar com um macho sem noção são grandes), eu meio que virei pro lado e fiquei tentando dormir, mas o frio não deixava.

Lá pro meio da viagem, ele todo sem jeito, depois de tirar o casaco (e eu pensando: um frio do caramba, por que esse cara está tirando o casaco?!) ele diz:

_ Eu queria te emprestar o meu casaco. To te vendo toda encolhida de frio, mas eu estava sem graça de oferecer.

Considerando a infinidade de idiotices que a gente escuta por aí o tempo todo, acho que sempre esperamos o pior. Eu fiquei muito sem graça de aceitar o casaco, mas espero que ele não desista de ser gentil... é bom saber que a classe masculina não está totalmente perdida.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Para refletir

Há poucos meses, houve uma operação especial no meu trabalho, que por poucas semanas envolveu minha gerência numa rotina bem estressante: jornadas diárias de 12 horas, viagens non-stop, ir ao banheiro uma vez ao dia por falta de tempo. Estava comentando esta loucura com um gerente da minha área de atuação e falei "Ainda bem que meu namorado está de férias na Austrália, porque eu fico com todo o tempo disponível para dar conta do tabalho".

Oi? Fiquei louca? Prefiro trabalhar a brincar de fazer neném? Comecei a me corrigir quando o gerente (cujo contracheque deve ser cinco vezes mais feliz que o meu e não faço ideia do estado civil), me interrompeu:

- Olha, pra começar, acho um absurdo seu namorado ficar tão longe por tanto tempo (ele divagou mais sobre este tema, mas não é a pauta deste post). E você tem razão, o trabalho deve ser prioridade. Existem 6 bilhões de pessoas no mundo. Todo mundo namora, casa, várias vezes, com várias pessoas. Ter um parceiro não é um problema. Mas um emprego bom como o nosso, que nos dá tantas oportunidades, isso sim é muito raro. E é isto que você deve abraçar.
Vocês concordam?