sexta-feira, 11 de março de 2011

Relacionamento aberto... oi?

Não vou discutir aqui sobre prós e contras de um relacionamento aberto. Mas acredito que haja uma linha tênue entre o que é bom e o que é absurdo. Como no caso da irmã do ex-namorado da minha amiga do trabalho.

Há mais ou menos dois ou três anos atrás a moça se apaixonou por um cara super legal. Claro, desconsiderarmos fatores como ele ter mais de trinta anos e não ter emprego (por que é um escritor em busca de inspiraçao) e viver sustentado pela ex-mulher, ou quando a mãe da atual namorada tem que fazer suas compras para o final de semana para que a filha não passe fome... Enfim, entenderam né!?

Não foi por falta de aviso, mas a moça estava apaixonada. E todos sabem como os hormônios da paixão anulam completamente os neurônios, e por tempo indeterminado.

Até que um dia ela terminou esse relacionamento. Eis que, então, ela descobriu que o cara nunca se separou da tal ex-mulher. E mais: a ex sempre soube da existência dela e - pasmem - aprovava a relação dos dois. Afinal, ela, a ex, achava ótimo que houvesse alguém que cuidasse dele por aqui. ( A esposa mora em outro estado)

Mas foi nas férias , quando a "ex"-esposa veio fazer uma visitinha, que a moça ouviu a frase do ano:

Esposa fala: volta pra ele. Ele gosta muito de você. De verdade. Sempre me fala sobre você. Além do mais, acho ótimo que alguém esteja aqui cuidando dele por mim. Sabe né, trabalho longe. Com você por perto não fico preocupada. Claro que amar ele só ama a mim, mas ele gosta muito de você. Mesmo. Dá uma chance a ele...

Mentinha. Não foi uma pegadinha do Malandro. Tudo foi de verdade, e sério.

Iê Iêêêê!!!!

Um comentário:

  1. Pasmei ! '-'
    E pior que o "povo" considera isso como Relacionamento aberto, o tal futuro das relações!
    Bem, na minha terra isso tem outro nome....
    Bjos, ótima semana.

    ResponderExcluir