sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Inteligência emocional


Nossa capacidade de reconhecer e lidar tanto com os nossos sentimentos quanto com o sentimento dos outros é o que psicologia descreve como inteligência emocional.

Em vez de escrever textos longos e cheios de insights, dessa vez irei direto ao ponto: se você tem um histórico amoroso de fracassos e vive com essa ladainha de que não encontra ninguém legal etc etc etc, entenda de uma vez por todas que a responsabilidade é SUA e desenvolva a capacidade de perceber e lidar com suas próprias questões emocionais, em vez de culpar sempre o outro. Isso é inteligência emocional e ninguém pode ser capaz de se relacionar bem - nem consigo mesmo e muito menos com o outro - num contexto de total ignorância sobre as próprias emoções.

Não importa se você se comporta como a namorada ideal ou se está no outro extremo sendo alguém movido a ciúme, possessividade, egoísmo e vaidade: se você continuar repetindo os mesmos padrões de comportamento, as mesmas atitudes sem um pingo de consciência do que está fazendo e à revelia do que gostaria de fazer, PRESTE ATENÇÃO. Não tem nada mais sem lógica e absurdo do que passar uma vida inteira repetindo as mesmas atitudes enquanto espera um resultado diferente.

Já dizia a vovó: Se plantou banana, não espere colher abacate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário