domingo, 23 de dezembro de 2012

Amando um hipster

- Adorei sua jaqueta.
- Que nada, você gosta é do vestido justo e do corpinho que está por baixo mesmo.
- Gosto, mas o que eu realmente estou elogiando é a sua perfecto.

Bala com papel

Quando a brasileira contou que o londrino da noite passada não queria usar camisinha ouvi uma teoria até então para mim desconhecida.
Uma californiana disse que os caras da Europa, Estados Unidos e outros países desenvolvidos não andam mais usando camisinha, não. Para eles, como os índices de contração do vírus são baixíssimos e o tratamento da doença já está tão avançado, eles veem a Aids como sei lá, a hepatite. E acham que não vale a pena ter a sensação desagradável da camisinha por conta de um risco que parece pequeno e remoto.
Cêjura? Me atualize.
 

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

NoLa


Vou realizar o sonho de conhecer Nova Orleans e embarco amanhã para passar o reveillon lá. Tão inocentemente preocupada em navegar pelo rio Missisipi, admirar a arquitetura sulista, ouvir jazz e me deliciar com a culinária creole, acabei me esquecendo de outro aspecto cultural da cidade: os vodus! Se eu fosse meu ex-namorado, teria medo.