sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Para você que está no futuro

Essa é uma carta para você que eu não conheço e que não me conhece. Não é sempre, mas às vezes eu sinto sua falta, e dói. Ao mesmo tempo, coisas incríveis começam a acontecer dentro de mim porque você não está aqui. É quando sinto sua falta que começo a me dar conta das coisas do dia-a-dia que eu amo e, sem a saudade, talvez eu nunca soubesse o quanto gosto delas. Eu sinto falta de vermos filme abraçados no sofá, de planejar uma viagem ou, melhor ainda, de fazer uma viagem não planejada, assim, só porque a gente resolveu na sexta à tarde.

Porque você não está aqui, percebo também como é bom estar comigo mesma e ter tempo para estar com meus amigos. Mais que isso: me dou conta de que essa parte da  minha vida é essencial e precisa ser mantida mesmo que você apareça sem avisar e comece a preencher toda a minha agenda sem que eu me dê conta de que estou esquecendo de mim mesma e de todas as pessoas queridas com quem quero passar meu tempo.


O fato de você não estar aqui me dá uma perspectiva de vida diferente, me faz perceber coisas sobre mim mesma que só quando estou sozinha posso enxergar bem. Nem sempre é fácil de olhar as minhas sombras, mas me encaro no espelho. E eu percebo também coisas lindas que estão crescendo em mim e que você vai encontrar quando chegar.


Você pode estar no meu futuro - real ou dos meus sonhos. Talvez eu nunca te conheça. Talvez eu até já tenha te conhecido e, nesse exato momento, você esteja bem debaixo do meu nariz, na minha cama, nos contatos do WhatsApp ou na porta ao lado. Eu sei, tem umas pessoas que a gente conhece sem nunca ter visto e tem aquelas que a gente vê todo dia sem conhecer. Conhecer leva uma vida inteira, não é processo de uma viagem, uma noite, uma festa, uma dor. É tudo isso junto e mais silêncio e noites de domingo. Tem hora que nem eu mesma me conheço. 


Mas essa carta era só mesmo pra marcar o encontro, pra eu não ficar ansiosa te esperando. Já que passado, presente e futuro são a mesma coisa, porque a gente só vive no tempo do meio, sejamos claros para não ter erro: me encontra no presente.


Um comentário:

  1. Às vezes o futuro está no passado que deixamos ir embora, e nos encontra mais à frente. Mas às vezes, quando a gente encontra o passado no futuro, não dá mais pra fazer ele virar presente.

    ResponderExcluir